Blog

Como desenvolver uma estratégia de conteúdo para seu blog

Ter uma boa estratégia de conteúdo, é fundamental para alavancar seu blog, e encontrar um nicho lucrativo para pode não ser uma das tarefas mais fáceis, mas não se preocupe tanto com isso no momento.

O nicho que você escolheu para escrever no blog hoje não é aquele com o qual você precisa se casar para o resto da vida. Você não está se comprometendo a escrever sobre o mesmo tópico de blog nos próximos anos.

Em vez disso, ao escolher rapidamente um nicho (que é o certo para você), você está construindo confiança e dando os primeiros passos em direção ao que logo poderá evoluir para um empreendimento lucrativo.

Pode ser que você mude de direção daqui a um mês, você terá uma riqueza de novos conhecimentos e habilidades que não teria se se permitisse ficar preso neste ponto, imaginando sobre o que deveria blogar hoje.

Se ainda não leu nosso artigo, Como escolher um nicho lucrativo para seu blog? sugiro que faça isso antes de continuar com essa leitura.

Nele você vai aprender:

  1. Escolha um nicho de seu interesse (com base nos seus interesses, hobbies, habilidades, realizações)
  2. Verifique rapidamente quanta demanda de mercado existe e determine se o seu nicho é potencialmente lucrativo
  3. Apesar de seu caminho para a lucratividade não esteja claro hoje ( dica: provavelmente não deveria estar ), continue avançando e confie que encontrará a maneira certa de monetizar seu público de forma autêntica e mutuamente benéfica, ajudando-os a resolver problemas reais
  4. Conforme você desenvolve suas habilidades de blog, continua aprendendo e se conectando com seu público, então você começará a ganhar

Todos nós temos hobbies, interesses, habilidades, experiências e opiniões.

Essa é a sua base para construir um blog lucrativo.

Agora, a lição de hoje é sobre como desenvolver uma estratégia de conteúdo de qualidade que o ajudará a alcançar (e ajudar genuinamente) seu público de leitores na internet.

O que é uma estratégia de conteúdo de qualidade?

A maioria dos cursos gratuitos sobre como criar um blog pára muito antes de mergulhar no que é realmente necessário para começar a gerar tráfego.

A maioria de vocês está aqui com o objetivo de transformar seu blog em, pelo menos, uma fonte saudável de renda ao longo dos próximos meses. E é isso que realmente quero ajudá-lo a fazer.

Agora, criar uma “estratégia de conteúdo” pode soar como um processo complexo, demorado e cheio de palavras da moda, que exige um MBA e um barril cheio de café. Mas não é realmente… é bem simples (e fácil) quando você tem as informações certas.

Uma estratégia de conteúdo é na verdade apenas um plano de ação para pegar todo o trabalho e aprendizado que você já descobriu até este ponto – e traduzi-los em conteúdo real que será publicado em seu blog nas próximas semanas e meses.

  • Se você conhece o nicho sobre o qual estará escrevendo e tem uma razão convincente para cobrir esse tópico…
  • Se você conhece o seu leitor ideal e o que ele procura…
  • Se você sabe o valor que deseja dar a eles e seu ângulo único…

Criar uma estratégia de conteúdo é tão fácil quanto resolver os desafios mais urgentes de seus leitores.

Melhor ainda, ter uma estratégia de conteúdo o ajudará quando você estiver se sentindo desmotivado, quando você não souber o que escrever, ou naqueles momentos difíceis em que está pensando em desistir de seu blog.

Aqui estão 4 etapas para montar uma estratégia de conteúdo vencedora (que irá gerar tráfego)

Primeiro… você precisa saber para onde quer ir antes de chegar lá.

1. Defina o objetivo principal do seu blog.

O que você deseja alcançar com seu blog?

Lembre-se, se o seu objetivo principal é ganhar muito dinheiro imediatamente, o blog não será para você. Levará algum tempo para construir um público leitor, crescer e atendê-los de uma forma que eventualmente crie as oportunidades certas para monetizar esse público.

De volta ao seu objetivo principal…

  • É para direcionar o tráfego e iniciar conversas com os leitores?
  • Para fazer com que as pessoas se inscrevam no seu boletim informativo por e-mail?
  • Para fazer com que eles baixem um livro que você escreveu ou algum outro recurso?

Essa meta pode (vai) mudar conforme o seu blog cresce com o tempo, mas quando você está apenas começando…

Hoje, sua meta deve ser direcionar tráfego e iniciar conversas com seus primeiros leitores.

Você quer construir relacionamentos com as pessoas que ressoam com sua escrita – mesmo que sejam apenas 1 ou 2 pessoas hoje.

Ainda assim, estabelecer essa primeira meta principal é crucial. Todas as outras decisões que você tomar em relação ao seu blog serão derivadas desta.

Em seguida, você pode começar a definir as mini-vitórias que o ajudarão a atingir esse objetivo maior.

2. Conheça seus leitores (e onde eles passam o tempo).

Seus leitores determinam se o seu blog terá sucesso ou não.

E para escrever para eles, você precisa realmente entendê-los – por isso ajuda se você também estiver escrevendo para si mesmo. Acredito firmemente que para quem você escreve suas postagens é tão importante quanto o que você escreve.

Em muitos casos, você será o leitor ideal, o que facilita todo esse processo. Mas, em quase todos os casos, é útil pesquisar um pouco sobre o público para o qual você está escrevendo (além disso, você pode até aprender algo sobre si mesmo!)

Para começar, você quer pensar sobre os dados demográficos e psicográficos de seu público ideal:

  • Demografia: as características quantitativas de seus leitores. Pense, idade, sexo, localização, cargo, etc…
  • Psicografia: os traços mais “incomensuráveis”, como valores, interesses, atitude e sistemas de crenças.

Depois de escrever essas qualidades, você pode começar a criar uma persona para o público – uma versão ficcional de seu leitor ideal. Então, você pode dizer que está começando um blog de culinária para Maria, uma dona de casa de 30 a 40 anos de Montes Claros – MG, que valoriza ingredientes orgânicos e não está muito preocupada com os custos dos alimentos.

Agora, a próxima pergunta é: onde Maria passa seu tempo online?

  • Ela está procurando receitas no Google ou no Pinterest?
  • Ela é uma usuária frequente do Facebook ou prefere sites e fóruns de comunidades de nicho?
  • Ela comenta sobre outros sites de culinária ou está consumindo conteúdo apenas para ler?

O objetivo do seu blog é criar valor para a sua Maria.

MAS… você não pode fazer isso até saber quem é o seu leitor ideal e onde ele passa o tempo.

Se você não tiver certeza, tudo bem se tiver mais de um leitor ideal. Mas, é importante certificar-se de que suas personas não sejam muito amplas (já que seus leitores podem não saber que você está escrevendo para eles imediatamente).

3. Decida suas principais categorias de conteúdo.

Quando se trata de decidir sobre o que você vai escrever, é bom ter algumas categorias de orientação às quais você pode consultar.

Gosto de chamar esses pilares de conteúdo, pois eles são a base que sustenta o resto do seu blog.

Ter alguns pilares definidos como esse ajuda a manter o foco do seu blog. Também oferece uma lente e uma voz a partir da qual você pode escrever. Por exemplo, se você está começando um blog de finanças pessoais, seus pilares podem ser:

  • Dicas e truques de finanças pessoais
  • Entrevistas e histórias de pessoas que encontraram independência financeira
  • Sua opinião sobre notícias importantes do setor financeiro
  • O básico de finanças pessoais
  • Como pagar sua dívida rapidamente
estratégia de conteúdo

Cada um desses pilares pode ter 10, senão 100 postagens de blog a serem escritas sob eles.

Mas também todos trabalham juntos para mostrar que você é um líder inovador em seu nicho.

4. Faça um brainstorm de ideias para postagens em blogs e faça pesquisas de palavras-chave.

Nesse ponto, sua estratégia de conteúdo responderá para quem você está escrevendo e quais tópicos você irá cobrir .

Mas e quanto aos posts reais que você vai escrever? A boa notícia é que você pode escrever honestamente o que quiser!

Afinal, este é o seu blog… e é a sua plataforma para falar e compartilhar com o mundo.

Imagino que você provavelmente tenha algumas ideias para postagens sobre as quais já queira escrever. No entanto, posso dizer por experiência própria que essas ideias nem sempre estão lá.

Às vezes, administrar um blog é mais difícil do que parece e pode ser difícil quando você fica sem ideias, especialmente quando está escrevendo sobre tópicos pelos quais você é apaixonado.

Aqui está o processo simples que utilizo para criar as postagens específicas que escreverei para meu próprio blog:

  • Faça um brainstorm de tópicos e termos e anote- os : comece escrevendo o máximo de ideias ou palavras-chave que puder. Apontar para coisas que você sabe que seu público-alvo ideal consideraria valiosas.
    • Que perguntas eles estão fazendo online?
    • Quais são seus maiores desafios e pontos fracos?
    • Onde você tem conhecimento que pode ser usado para ajudar a preencher as lacunas?
  • Use uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave para reunir ainda mais ideias: Queremos construir uma lista com esses tópicos de postagem de blog para preencher seu modelo de calendário editorial, então vamos usar uma versão gratuita de uma das principais ferramentas do explorador de palavras-chave, como Ahrefs , SEMrush , Google Planejador de palavras-chave ou Moz para nos ajudar a preenchê-lo. Essas ferramentas basicamente mostram termos e tópicos relacionados àqueles que você já criou, bem como quanto tráfego esses termos estão recebendo (para mostrar que seu público se preocupa com eles!)
  • Agrupe ideias semelhantes: Sua lista deve ser bem grande neste momento (pelo menos mais de 10 ideias de postagem). Portanto, pegue todos esses termos e comece a refiná-los. Existem duplicatas que você pode agrupar? Alguns simplesmente não parecem certos agora? Refine e edite.
  • Coloque suas ideias em seu calendário editorial e priorize: Ok, vamos deixar essa lista um pouco mais organizada agora. Comece a preencher seu calendário editorial e inclua uma ideia de título, sua palavra-chave principal, volume estimado de pesquisa e oportunidade. Classifique-os em ordem de prioridade com base em quais têm mais valor para o seu público e oportunidade de crescimento.
  • Descreva o conteúdo que atenda a todas as três necessidades principais: Pegue suas principais prioridades e estabeleça prazos para elas. Procure tópicos que atendam a todas as três necessidades principais: se encaixam nos pilares de seu conteúdo, são necessidades genuínas de seus leitores e têm potencial de tráfego.

Lembre-se de que é sempre melhor começar pequeno e crescer de forma consistente. Portanto, se você não tiver muitas ideias de conteúdo neste estágio, não se preocupe.

Concentre-se naqueles que você tem.

Dê uma olhada no que outros blogueiros ou marcas em seu nicho cobriram para ver o que seu público (semelhante) mais atrai. Extraia ideias dessas aprendizagens.

Você aprenderá mais sobre seu público, seu processo e o que funciona bem conforme você escreve e publica mais.

E por último, não esqueça de se divertir e ser interessante!

Se você escolheu um nicho de seu interesse, lembre-se do motivo pelo qual você se preocupa com ele. As pessoas querem ouvir sua voz e obter sua visão única das coisas.

É assim que seu blog e sua estratégia de conteúdo vão se destacar no final.

Leave a Comment